O Xiaomi M1X Pro é um varal interessante principalmente para quem tem pouco espaço em casa ou vive em locais onde bate pouco sol. O produto já está disponível para comprar em lojas de importação por a partir de R$ 1,6 mil, sem considerar frete e taxas de importação. Com conectividade à internet e configurações via app, o modelo tem capacidade para até 30 kg de roupas.

O procedimento é feito por meio de um painel de LED com dimensões de 70 cm x 20 cm. Vale ressaltar que, apesar de a Xiaomi ter voltado recentemente ao Brasil por meio da DL Eletrônicos, não há previsão da chegada do M1X Pro por aqui.

Quer comprar celular, TV e outros produtos com desconto? Conheça o Compare TechTudo

Feito de aço e alumínio inoxidável, o varal inteligente vem com um controle remoto para ativar o modo para secar roupas e controlar sua altura. Além disso, ele ainda pode ser controlado por meio do app Mi Home. De acordo com a empresa chinesa, cerca de 30 peças de roupas de inverno e 50 de verão podem ser secados simultaneamente no aparelho.

Como a proposta do Xiaomi M1X Pro é otimizar o espaço da casa, ele deve ser instalado no teto. A ideia é que o dispositivo seja integrado ao ambiente de forma sutil. Por isso, o produto também conta com uma lâmpada de LED omnidirecional para iluminar o cômodo quando não houver roupas secando.

Em termos de tamanho, o varal exige 2,2 m x 0,5 m de espaço no teto. Quando totalmente esticado, ele pode chegar a quase 1 metro de altura. Quem não tem tanto espaço disponível, pode optar pelo modelo M1 Pro. Ambos funcionam da mesma forma, mas a versão menor mede apenas 1,6 m x 0,5 m.

Via Xiaomi Today

O Sistema Nacional de Emprego de João Pessoa (Sine-JP) oferece 182 novas vagas de emprego, na semana de 12 à 16 de agosto. Há oportunidades para pessoas com todos os níveis de escolaridade, com ou sem experiência prévia na função. Confira a lista completa de vagas de trabalho no link.

A função com maior número de oportunidades é a de técnico em fibra óptica com 80 vagas. As exigências para concorrer as vagas é ter ensino médio completo e 6 meses de experiência na carteira de trabalho. Os selecionados para o cargo irão desempenhar as atividades de manutenção corretiva e preventiva na rede de fibra óptica da sua região de atuação dentro dos procedimentos operacionais.

Há também vagas para vendedor de consórcio (6), vendedor pracista (10), serralheiro (4) e costureira de máquinas industriais (4).

O Sine-JP funciona na Avenida Cardoso Vieira, 85, Varadouro, e atende das 8h às 17h, de segunda a sexta-feira. O trabalhador deve apresentar RG, CPF e Carteira de Trabalho. Para concorrer às oportunidades em que o empregador exige apenas o currículo, o interessado deve enviá-lo para o endereço sinejp.imo@joaopessoa.pb.gov.br.

Sine nos Bairros
Na próxima quinta-feira (15), uma equipe do Sine-JP estará no Centro de Referência da Cidadania Mandacaru, localizado na Rua Professor João Alves de Ataíde. A equipe oferecerá capacitação em Marketing Pessoal para os trabalhadores, com entrega de certificado no final da palestra.

Contato
As empresas que tenham interesse em anunciar vagas de empregos, devem enviar seus dados e as exigências das funções para o e-mail sinejp.imo@joaopessoa.pb.gov.br. Os telefones para contato do setor de captação de vagas são: (83)3214-1712; (83) 3214-3214 ou (83) 3214-1809. O serviço é gratuito.

portal correio

No primeiro semestre de atividades na Câmara, 271 dos 529 deputados federais que em algum momento exerceram o mandato nesta legislatura sofreram desconto no salário por ausência em sessões deliberativas – aquelas em que há votações (tanto nominais quanto simbólicas). Somados os descontos, a Câmara deixou de pagar R$ 1.199.641,82 a deputados pelas faltas.

Os dados são do primeiro semestre legislativo, que abrange o período que vai de 1º de fevereiro a 12 de julho deste ano. O levantamento foi obtido pelo G1 por meio da Lei de Acesso à Informação da Câmara dos Deputados.

O valor de desconto pela ausência em uma sessão deliberativa depende do número de sessões deliberativas que ocorreram naquele mês. O cálculo é feito pela divisão de R$ 21.101,88 (62,5% da remuneração mensal) pelo número de sessões deliberativas no mês. A remuneração mensal bruta de um deputado é R$ 33.763,00.

Não há desconto no salário, porém, caso o deputado esteja em missão oficial autorizada pela Mesa Diretora da Casa. Também não há abatimento caso o deputado comprove, por atestado, doença, licença-maternidade, licença-paternidade ou morte de um familiar.

A justificativa pode ser apresentada em até 30 dias após a ausência ou a qualquer momento em caso de licença médica.

O artigo 55 da Constituição Federal diz ainda que o deputado pode perder o mandato caso se ausente de, no mínimo, 1/3 das sessões ordinárias em cada sessão legislativa (um ano de atividades). Para esse cálculo, porém, são desconsideradas licenças ou missões oficiais autorizadas pela Mesa Diretora.

Maiores descontos no salário
Os cinco deputados que acumulam os maiores valores em descontos em salário no primeiro semestre legislativo foram José Priante (MDB-PA), Guilherme Mussi (PP-SP), Luciano Ducci (PSB-PR), Marcelo Aro (PP-MG) e Laercio Oliveira (PP-SE).

Os maiores descontos no salário: Câmara descontou R$ 1,2 milhão do salário de deputados por ausências em sessões deliberativas — Foto: Wagner Magalhães / G1
Os maiores descontos no salário: Câmara descontou R$ 1,2 milhão do salário de deputados por ausências em sessões deliberativas — Foto: Wagner Magalhães / G1

Odeputado José Priante (MDB-PA) sofreu descontos no salário em quase todos os meses de atividades deste ano, exceto em fevereiro. No total, Priante deixou de receber R$ 39.251,18 por ausências em sessões deliberativas. A assessoria de imprensa do deputado foi procurada e não se manifestou.

Já o deputado Guilherme Mussi (PP-SP) foi o segundo parlamentar a sofrer mais descontos no salário por faltar sessões deliberativas da Câmara. Os abatimentos do deputado somam R$ 31.915,91. As maiores deduções ocorreram em junho (R$ 9,9 mil) e julho (12,9 mil). Procurada, a assessoria de imprensa do deputado não respondeu aos questionamentos.

Os descontos no salário do deputado Luciano Ducci (PSB-PR) totalizam R$ 30.732,98. O parlamentar sofreu abatimentos em março, abril e maio. O maior valor mensal foi alcançado em abril, quando o deputado deixou de receber R$ 14.608,99.

O deputado Luciano Ducci disse que “as faltas ocorreram em decorrência de um problema de saúde” que ele teve durante o carnaval. “Como foi um quadro importante, e pelo estresse causado, eu preferi permanecer afastado por mais um tempo. Sou médico, sei que não caberia de forma regular um atestado neste caso, motivo pelo qual optei por ter descontado os dias faltados dos meus proventos”, afirmou o parlamentar.

O deputado Marcelo Aro (PP-MG) foi o quarto deputado que mais sofreu reduções no salário por faltas em sessões deliberativas. O parlamentar teve descontos em quase todos os meses, exceto em fevereiro. No total, os abatimentos somam R$ 26.112,64. A assessoria de imprensa do deputado foi procurada e não se manifestou.

O quinto deputado que mais teve descontos no salário foi Laercio Oliveira (PP-SE). O deputado deixou de receber R$ 18.703,11 no primeiro semestre legislativo por causa de ausências em sessões deliberativas da Câmara. O maior valor descontado foi registrado em maio – R$ 12.661,12.

A assessoria de imprensa do deputado Laercio Oliveira disse que ele é vice-líder de um bloco partidário e que, por esse motivo, tem “uma agenda intensa na Câmara dos Deputados, nos ministérios e nas lideranças de partidos”. Em nota, acrescentou ainda que o deputado tem agenda em outros estados e que, em abril deste ano, “se afastou por duas semanas para tratar assuntos pessoais”. “E em alguns momentos ele está em um local distante e não consegue retornar a tempo para votar. O parlamentar também tem agendas em outros estados para debater temas como a reforma tributária com segmentos da economia”, diz a nota.

Faltantes em votações
Na segunda-feira, um levantamento do G1 mostrou que 230 deputados faltaram a pelo menos 1/4 das votações nominais da Câmara no primeiro semestre legislativo. Isso significa, portanto, que 44% do total de parlamentares estiveram ausentes em ao menos 25% das votações nominais na Câmara dos Deputados durante a atual legislatura.

Foram 144 votações nominais no primeiro semestre de trabalhos na Casa, em que deputados se manifestaram quanto a projetos de lei, PECs, requerimentos, destaques, entre outros. O levantamento mostra que 85% das votações ocorreram na terça ou na quarta-feira, dias da semana considerados mais agitados na Câmara.

G1

O último dia de disputas da etapa Nordeste dos Jogos Universitários Brasileiros terminou com a conquista de uma medalha de bronze para a Paraíba. Neste final de semana, em Maceió, capital de Alagoas, o time feminino de futsal da Faculdade Maurício de Nassau, de João Pessoa, venceu as representantes do Rio Grande do Norte por 5 a 1. As atletas subiram ao pódio no último dia da competição, que reuniu atletas de oito estados da região em quatro modalidades esportivas.

Além de conquistar a medalha de bronze, a equipe paraibana foi destaque com a atleta Irislene Oliveira, eleita a melhor goleira do torneio. “Todo o grupo está de parabéns pela conquista da medalha. Estou muito feliz, porque dentro de quadra as meninas souberam honrar as tradições do futsal paraibano”, destacou o professor Maximiano Farias (Manuca), treinador da Maurício de Nassau.

No último dia de disputas da etapa regional dos JUBs, a delegação paraibana ainda disputou duas medalhas de bronze. Pelo torneio masculino de futsal, o time da Faculdade Três Marias (FTM) perdeu na prorrogação para a UniAteneu, do Ceará, por 2 a 1. Já a equipe masculina de vôlei da Faculdade Brasileira de Ensino, Pesquisa e Extensão (Fabex) foi derrotada pela Maurício de Nassau, de Alagoas, por 3 sets a 1.

Para o professor Antônio Figueiredo, presidente da Federação Paraibana de Desportos Acadêmicos (FPDA), o desempenho dos atletas da Paraíba dentro de quadra foi satisfatório. “Nossos atletas se empenharam ao máximo para atingir os melhores resultados. Todos estão de parabéns. Agora é se preparar para as disputas da Conferência do Nordeste do ano que vem, que ocorrerão na cidade de Aracaju (SE)”, disse.

Fase Final

O novo compromisso do desporto universitário paraibano ocorrerá no próximo mês de outubro, em Salvador (BA), quando será disputada a etapa nacional dos JUBs. A Paraíba participará da competição nas modalidades consideradas individuais, como judô, atletismo, natação e vôlei de praia.

clickpb

Duas pessoas caíram de uma moto que foi atingida por um carro. O acidente aconteceu no bairro de Mangabeira, em João Pessoa, na noite deste domingo (11).

O Corpo de Bombeiros foi acionado e fez o socorro das vítimas. O ClickPB ligou para a assessoria de imprensa do Corpo de Bombeiros, mas não obteve contato.

Um vídeo gravado e compartilhado por WhatsApp mostra o momento do socorro das vítimas. Não havia informações, até às 21h30 deste domingo, do estado de saúde dos socorridos.

clickpb