Água sanitária Dragão desmente boatos sobre vídeo xenofóbico contra nordestinos

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Em nota divulgada em sua página do Facebook nesta quarta-feira, 9, a marca Dragão se defendeu de acusações que estão se espalhando na internet sobre vídeos em que um suposto filho do dono da empresa faz ataques xenofóbicos a nordestinos. A polêmica envolvendo discurso de ódio e eleitores do presidente Bolsonaro ganhou as redes e gerou uma campanha de boicote à marca.

Em tom de piada, alguns rapazes comemoram a vitória do atual presidente da república e acusa o nordeste de “gastar o dinheiro que sudeste produz”.  Eles fazem ameaças como “agora é faca na caveira, a gente não vai mais suportar esse pessoal”.

No início da tarde desta quarta-feira (9), a empresa publicou uma nota repudiando o conteúdo do vídeo e negando o envolvimento da marca. A nota também ressalta que a empresa é genuinamente nordestina.

“Vimos esclarecer ao público, bem como aos nossos consumidores o nosso repúdio ao conteúdo veiculado no vídeo e nas mensagens que circulam nas redes sociais envolvendo o nome da marca DRAGÃO, caracterizando portanto #FAKENEWS.

Ressaltamos, contudo, que a DRAGÃO é uma empresa genuinamente NORDESTINA com muito orgulho, tendo fábricas nos estados de PERNAMBUCO, ALAGOAS E CEARÁ atuando há mais de 70 anos no mercado do Norte/Nordeste.

Lembramos ainda que o compartilhamento de #FAKENEWS é crime, previsto em lei.”

Posted by Dragão on Wednesday, January 9, 2019

FONTE: diariodocentrodomundo