Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Direção do Trauminha descarta relação de morte de idosa com falta de energia no hospital

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Após denúncia de morte de paciente por suposta negligência, a direção do Complexo Hospitalar de Mangabeira Governador Tarcísio Burity (Ortotrauma), conhecido como Trauminha, localizado em João Pessoa, divulgou na tarde desta segunda-feira (17) nota esclarecendo que, nesse domingo (16), houve falta de energia em todo o bairro de Mangabeira e, consequentemente, atingiu o hospital, mas que a morte da idosa de 66 anos teria ocorrido devido a complicações clínicas, não pela falta de energia.

A bancada de vereadores de oposição foi ao Trauminha, hoje (17), fiscalizar a situação. Conforme a denúncia, a mulher estava entubada e respirando por aparelhos, e teria falecido após uma queda de energia registrada na unidade.

A direção do Trauminha informou, no entanto, que o hospital “possui gerador com grande capacidade de fornecimento de energia e funcionou normalmente distribuindo energia para os principais pontos do hospital como blocos cirúrgicos, UTI e alas vermelhas, garantindo a segurança clínica dos pacientes”.

Ainda conforme a nota: “A paciente que foi a óbito teve uma série de complicações clínicas oriundas do problema de saúde apresentado no momento em que deu entrada no hospital, como choque hipovolêmico, hemorragia digestiva alta, varizes esofagianas e hipertensão portal. A situação foi avaliada também pelo Conselho Regional de Medicina (CRM), que constatou a gravidade do quadro clínico da mesma e não relacionou o óbito à falta de energia”.

clickpb