Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Estilo de vida é responsável por 90% da saúde do ser humano

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Não são raros os estudos que apontam os hábitos de vida como responsáveis por promover ou prejudicar a saúde.

O alto consumo de alimentos ultraprocessados, que contém altos níveis de gorduras saturadas, açúcares refinados, sal e aditivos químicos, por exemplo, foi citado no Simpósio Internacional sobre o Futuro dos Alimentos, ocorrido em junho deste ano, em Roma, como um dos principais fatores que contribuíram para que mais de 2 milhões de adultos no mundo estejam acima do peso.

No Brasil, uma pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde em 2017 já apontava que 53% da população estava com sobrepeso.

O nutrólogo Antônio de Barros, CRM 2665, médico da Unimed Teresina, explica que apenas 10% da condição global da saúde de uma pessoa é determinada pela genética e hereditariedade, enquanto que os outros 90% são adquiridos pela maneira que o indivíduo vive. “A grande maioria das doenças crônicas ocorrem entre 50 e 60 anos de idade, não sendo fruto do que se fez no dia anterior, mas do que de fez ao longo da vida e, muitas vezes, do que se deixou de fazer”, alertou.

Os hábitos não-saudáveis de vida, como sedentarismo e consumo de alimentos gordurosos e açucarados, sobretudo processados, são os fatores de risco à saúde. “A grande maioria das doenças está associada a hábitos inadequados de vida, então a alimentação é, dentro dos promotores de saúde, talvez o fator mais importante, juntamente com a atividade física e ‘viver em paz’”, relacionou.

Núcleo de Atenção Integral à Saúde promove prevenção de riscos à saúde

A Unimed Teresina possui um Núcleo de Atenção Integral à Saúde, o NAIS, que atua em ações de promoção à saúde dos beneficiários do Sistema Unimed Teresina, desfazendo a ideia de que as operadoras de saúde suplementar atuam apenas no tratamento das doenças.

A inversão da lógica atual do setor de saúde suplementar para um modelo com ações de promoção da saúde e prevenção de riscos e doenças está formatada em uma série de programas especiais, voltados às mais diferentes necessidades dos beneficiários. A equipe que acompanha os programas é multidisciplinar com médico, enfermeiro, psicólogo, educador físico e nutricionista.

“Aprendendo a Amar-se” é um programa voltado para a prevenção da depressão, ansiedade, fobias e estresse.

O Curso de Gestante reúne as mães no primeiro trimestre de gestação para participar de workshops sobre os primeiros cuidados com o bebê.

Os beneficiários da melhor idade podem se beneficiar do programa “Maturidade Ativa”, que desenvolve a socialização, além de oficinas ocupacionais.

As empresas que aderem aos planos de Saúde do Sistema Unimed recebem a equipe do NAIS periodicamente para palestras e outras atividades relacionadas à qualidade de vida adequadas ao perfil da organização.

Para os hipertensos, o programa “Coração Amigo” orienta e acompanha a saúde desse grupo de risco e, para as pessoas com sobrepeso, o programa “Repensar o peso” ajuda na reeducação alimentar e na melhora da qualidade de vida.

Os diabéticos tipo I e II podem participar do acompanhamento do NAIS no programa “Viver bem”.

Todos os beneficiários podem participar da Caminhada Unimed, realizada todo mês, com consultoria e assessoria esportiva para o melhor aproveitamento dos benefícios da atividade.

Em quaisquer desses programas, a inscrição dos beneficiários é feita pelo site da Unimed Teresina.