Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Flamengo sai vaiado, e tem seu pior jogo no ano ao empatar com o “PODEROSO” Atlhetico Paranaense

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Athletico-PR e Flamengo empataram em 1 a 1 nesta quarta-feira, na Arena da Baixada, no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. A partida foi cheia de emoções, com muitas polêmicas e gols anulados após consultas ao VAR. Léo Pereira marcou o gol do Furacão, e Gabigol fez o do Fla. Jorge Jesus teve sua estreia no comando da equipe carioca e mostrou uma postura muito ativa à beira do campo.

Aos 10min de jogo, Diego Alves saiu de sua área e pegou a bola com as mãos na meia lua, impedindo que o atacante Marcelo Cirino a alcançasse. O árbitro Anderson Daronco não marcou a imfração. O VAR também não foi acionado. Na Central do Apito, o comentarista de arbitragem Paulo Cesar de Oliveira disse que o goleiro do Flamengo deveria ter sido expulso.

VAR trabalha muito
A partida foi cercada de polêmicas, e o árbitro de vídeo precisou ser muito acionado. No primeiro tempo, foram dois gols anulados do Athletico por causa de impedimentos. Na segunda etapa, outra lance que gerou muita polêmica. Marcelo Cirino foi derrubado por Renê dentro da área, e Anderson Daronco marcou o pênalti. Após quase 7 minutos de revisão, foi marcada uma falta em cima do zagueiro Rodrigo Caio na origem do lance.

ge