Marcelo Yuka, fundador do grupo O Rappa, é internado em estado grave

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Marcelo Yuka está internado em estado “muito grave” no hospital Quinta D’Or, em São Cristóvão, no Rio de Janeiro. O músico, fundador do grupo O Rappa está em coma induzido com quadro de septicemia (infecção generalizada).

Os médicos, no entanto, teriam estabilizado a situação do músico.

Yuka completou 53 anos no último 31 de dezembro. O músico, que nasceu Marcelo Fontes do Nascimento Viana de Santa Ana, no Rio de Janeiro, atuava em uma ONG que incentivava a pesquisa de com células-tronco. Em agosto do ano passado, ele havia sofrido um AVC (acidente vascular cerebral).

 Ainda em 1993, Yuka ajudou a fundar O Rappa. Na banda, sempre com letras politizadas e de forte cunho social, ele ficou até 2001. Entre suas músicas mais conhecidas estão Pescador de IlusõesA Feira e Minha Alma e O que sobrou do Céu.

Em novembro de 2000, o músico foi baleado em um assalto que o deixou paraplégico e o impossibilitou de tocar bateria. Ainda assim, ele procurou novos caminhos e criou o F.UR.T.O. Como ele próprio costumava a dizer, o “F.UR.T.O era maior do que o Rappa poderia lhe oferecer”.

Em 2012, Yuka foi candidato a vice-prefeito do Rio de Janeiro pelo PSOL e ficou em segundo lugar.

*Por André Avelar e Isadora Tega, do R7