Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Orquestra Infantil da Paraíba realiza concerto em homenagem às mães

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

As crianças da Orquestra Infantil do Estado da Paraíba (OIEPB) se reúnem neste sábado (18) para um concerto comemorativo ao Dia das Mães, sob a regência do maestro Marcelo Vasconcelos, com entrada gratuita.

A apresentação começa às 16h, na Sala de Concertos Maestro José Siqueira, no Espaço Cultural José Lins do Rêgo, em João Pessoa, com músicas clássicas e populares.

Programação
‘Adagio’, obra do compositor barroco italiano Tomaso Albinoni, vai abrir o concerto. Em seguida, os jovens músicos vão executar a modinha ‘Lua Branca’, uma das mais conhecidas composições da instrumentista e maestrina brasileira, nascida no Rio de Janeiro, Chiquinha Gonzaga.

A música do compositor e bandoneonista argentino, Astor Piazzolla, vai estar presente na apresentação, com a execução de ‘Soledad’. A música popular brasileira também marca presença, com “Foi Deus quem fez você”, composição do paraibano Luiz Ramalho.

Para encerrar o concerto em homenagem às mães, será executada a obra ‘Hino ao Imperador’, de autoria de um dos mais importantes compositores do período clássico, o austríaco Joseph Haydn. As quatro últimas composições têm arranjo da maestrina Norma Romano, que esteve à frente da Orquestra Infantil da Paraíba durante 28 anos.

“Chiquinha Gonzaga foi a primeira compositora mulher do Brasil e também a primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil”, destacou o maestro Marcelo Vasconcelos. “Além disso, ela também foi mãe e, de uma forma geral, o repertório desse concerto foi pensado com o objetivo de homenagear as mulheres e as mães. O ‘Adagio’ é uma homenagem póstuma a dona Norma, assim como ‘Soledad’, de Piazzolla, por ser argentino como ela”, destacou.

A maestrina Norma Romano coordenou a OIEPB desde a sua fundação, pela professora Izabel Burity, em 1986, até 2014, aperfeiçoando e popularizando o ensino da música com crianças, dando uma sólida formação orquestral para aqueles que desejassem continuar a carreira de músico.

Orquestrinha
Atualmente, a orquestra é coordenada pelo regente Marcelo Vasconcelos, tendo Deyse Firmino como regente da iniciação orquestral e Gustavo Gines de Paco como professor auxiliar dos sopros, que seguem o legado deixado por Norma Romano, divulgando um repertório sinfônico universal, enfatizando a interpretação da música brasileira e, em especial, da nordestina.

A Orquestrinha, como é conhecida, se destaca como um dos poucos grupos infantis do gênero existentes na América Latina. É um bem cultural que faz parte da Orquestra Sinfônica da Paraíba, visando à formação cultural e social da criança e do adolescente por meio da prática instrumental.

O regente
O maestro Marcelo Vasconcelos é violinista de formação, iniciando seus estudos aos 4 anos de idade por meio do Projeto Espiral, que era desenvolvido pela Fundação Espaço Cultural da Paraíba (Funesc). Mais tarde integrou, como spalla, a Orquestra Infantil da Paraíba, sob a regência de Norma Romano. Formou-se bacharel na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e foi membro fundador do Grupo Armorial Marista, Orquestra de Câmara de João Pessoa, Orquestra Sinfônica Municipal de Joao Pessoa e Orquestra Sinfônica da UFPB. Trabalhou como professor auxiliar na OIEPB por três anos e hoje ocupa o quadro efetivo de músicos da OSUFPB, além do cargo de maestro da Orquestra Infantil da Paraíba.

portal correio