Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Pintar e alisar o cabelo pode elevar risco de câncer de mama

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Tintas permanentes e alisadores de cabelo (como as famosas escovas progressivas) são produtos muito desejados pelas mulheres para manter os fios sempre coloridos e lisos. Porém, um novo estudo revelou que o uso dessas substâncias químicas pode aumentar os riscos de câncer de mama.

Para chegar a esta conclusão, a pesquisa consultou cerca de 47 mil mulheres nos Estados Unidos e Porto Rico, todas com histórico da doença na família. Como conclusão, os cientistas notaram que os maiores índices de câncer de mama foram observados nas voluntárias que haviam tido contato com tintas e alisadores.

Câncer de mama por raça
A pesquisa, publicada pelo National Institute of Environmental Health Sciences, apontou ainda que mulheres negras que usavam tintas de cabelo a cada 5 ou 8 semanas tiveram um aumento de 60% na probabilidade de desenvolver câncer de mama.

Já entre as mulheres que se declararam brancas, o risco aumentou 8% para a mesma frequência de uso dos produtos capilares. Dessa forma, a pesquisa indica que o fator racial também pode ter influência na probabilidade do surgimento da doença.

Além das tintas permanentes, o estudo descobriu que quem alisava o cabelo com frequência também tinha aproximadamente 30% mais chances de apresentar câncer de mama, não havendo distinção entre as raças neste quesito.

Devo parar de tingir e alisar o cabelo?
Os autores do estudo afirmam que a utilização de químicas para tingir permanentemente e alisar os fios pode, enfim, contribuir para uma maior incidência de câncer de mama nas mulheres. Entretanto, novos estudos precisam ser feitos para determinar a proibição ou não da comercialização e uso desses produtos.

A recomendação dos cientistas, até então, é a de que as mulheres reduzam a frequência de utilização de tintas e alisadores. Outra sugestão é preferir sempre os produtos que tenham uma fórmula livre de substâncias potencialmente abrasivas, como amônia e formol.

Prevenção do câncer de mama
Além de diminuir a periodicidade da aplicação de tinta e alisador de cabelo, há outras medidas que podem ser tomadas para prevenir o câncer de mama.

Faça exercícios regularmente: isso garante 23% menos riscos de desenvolver a doença
Amamente: mulheres que amamentam os filhos por, no mínimo, seis meses têm 5% menos chances de apresentar a doença
Mantenha uma dieta equilibrada: quem consome vegetais com frequência reduz 45% dos riscos de câncer de mama
Reduza o consumo de álcool: consumir 14 g de álcool por dia aumenta em 30% a probabilidade de câncer de mama
Faça exames periodicamente: faça anualmente a mamografia após os 40 anos, o que pode reduzir em até 30% o índice de mortalidade pela doença

paraiba.com.br