Projeto de lei inclui artes marciais nas escolas públicas da Paraíba

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Foi publicado na edição do Diário Oficial desta quinta-feira (22) o projeto de Lei do deputado Anderson Monteiro que prevê a inclusão do ensino e a prática da disciplina Artes Marciais nas escolas de nível fundamental e médio da rede de ensino do Estado da Paraíba. A aula fará parte da grade extracurricular, mas não substituirá a Educação Física.

“Entende-se como ater marcial, para os efeitos desta lei, conjunto de regras e preceitos destinados à execução desta atividade, voltando-se para os aspectos filosóficos e sociais, destinando-se à educação geral, à formação de caráter, à manutenção da saúde física e psíquica e à defesa pessoal, assim como ao desenvolvimento do espírito de compreensão e harmonia entre os praticantes”, diz a proposta.

Ainda de acordo com o documento, são consideradas artes marciais Taekwondo, Aikido, Capoeira, Haokidô, Judô, Jiu-Jitsu, Kung Fu, Muay Thay, Tai Chi Chuan e similares.

O governo tem o prazo de 120 dias para ela elaborar o conteúdo e programa da disciplina.

paraiba.com.br