Projeto do governo quer barrar ‘escola sem partido’ na Paraíba

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Desembarcou na Assembleia Legislativa um Projeto de Lei, de autoria do Governo do Estado, que garante a livre docência nas escolas da Paraíba. A matéria constou no expediente da Casa desta terça-feira (27) e agora deve seguir para a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

O projeto prevê punição a quem ferir a liberdade de expressão e pensamento de professores, alunos e de funcionários de escolas da rede pública e privada no estado. No entanto, a deputada Estela Bezerra (PSB), nega que se trate de uma forma de barrar a chamada escola sem partido e alega que o projeto não visa criar nenhum conteúdo novo e sim permitir que alunos e professores possam discutir de forma crítica disciplinas como Sociologia, História e Geografia.

Tramitação
Estela considerou o projeto como um dos mais importantes em tramitação na Assembleia e disse que até o final da legislatura deve ser levado para votação em plenário. “Esse é um dos mais importantes projetos, até porque existe uma tentativa de inibir a atividade pedagógica em sala de aula”, disse.

Embora negue que seja uma forma de tentar barrar a escola sem partido na Paraíba, ao conhecer o que o projeto que limita a liberdade de expressão dos professores em sala de aula diz, é possível afirmar que essa é a proposta do governo paraibano.

portalcorreio