Semana de Saúde na Escola começa nesta segunda

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) realiza, de 8 a 12 de abril, a Semana Saúde na Escola, tendo como foco “A importância da Imunização e do Autocuidado”. Várias estratégias e atividades relacionadas ao tema devem ser realizadas, reforçando a articulação local entre saúde e educação, promoção da saúde e desenvolvimento sustentável. A ação faz parte do Programa Saúde na Escola (PSE), uma iniciativa dos ministérios da Saúde e da Educação.

“Trata-se de um trabalho intersetorial, onde as ações são realizadas em conjunto, potencializando forças e compartilhando responsabilidades. A proposta é que, durante a semana, seja incentivada a realização de atividades lúdico-pedagógicas que abordam esse tema com a comunidade escolar e da saúde, favorecendo o compartilhamento de saberes e práticas, fortalecendo a cidadania e a co-responsabilidade da população”, disse a gerente operacional de Atenção Básica da SES, Rosiane Videlis.

Tema
A escolha do tema vai ao encontro à meta do Plano de 100 dias de governo, que consiste em fortalecer a vigilância e aumentar a cobertura das vacinas pentavalente, poliomielite, pneumocócica, tríplice viral D1 e febre amarela. As ações de prevenção podem começar a partir da análise de informações sobre a ocorrência de doenças no território e que podem ser evitadas com vacinas.

“Os profissionais envolvidos no Programa Saúde na Escola devem buscar o envolvimento das famílias e comunidade a fim de compartilhar as informações e sensibilizar a comunidade sobre a importância de manter as cadernetas e cartões de vacinação atualizados. Também é uma ação de promoção à saúde para a população conhecer o que são as vacinas, para que servem e sua importância. Por isso, essa ação deve ser desenvolvida junto com os atores, com protagonismo de todos os envolvidos e apoio dos profissionais de saúde e de educação”, pontuou Rosiane.

Programa Saúde na Escola
O Programa Saúde na Escola (PSE), política intersetorial da Saúde e da Educação, foi instituído em 2007. As políticas de saúde e educação voltadas às crianças, adolescentes, jovens e adultos da educação pública brasileira se unem para promover saúde e educação integral.

A articulação entre Escola e Rede Básica de Saúde é a base do Programa Saúde na Escola. É a oportunidade para estabelecer parcerias e garantir que crianças, adolescentes e jovens estejam realmente protegidos, fazendo com que também no território as famílias participem de orientações quanto à necessidade de manter atualizada a situação vacinal e possam debater sobre os cuidados necessários à saúde junto com profissionais de saúde e de educação, além de outras parcerias locais que podem ser acionadas de acordo com os temas a serem abordados no âmbito da prevenção.

portalcorreio