Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next
Previous
Next

Silvio Santos pune Rachel Sheherazade após polêmica com carcereiros

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

Após dar diversas opiniões políticas contra o presidente Jair Bolsonaro (PSL), a jornalista Rachel Sheherazade foi punida por Silvio Santos. A âncora do SBT Brasil deixará de apresentar o jornal às sextas-feiras a partir de hoje, 9 de agosto.

O caso aconteceu porque representantes do Sifuspesp (Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo) estiveram no SBT na última segunda-feira, 5, para reclamar de um vídeo intitulado “Monstros contra Monstros”, no qual Rachel falou sobre o massacre no presídio de Altamira, no interior do Pará, que resultou em 57 mortos, 16 por decapitação. Ela chamou os carcereiros de “monstros”.

Os representantes se irritaram com o discurso da jornalista em seu canal no YouTube, e exigiram que a emissora emitisse um comunicado oficial dizendo que não compactua com as opiniões expressadas por Sheherazade. O pedido de posicionamento não foi ouvido, mas Silvio Santos assistiu ao vídeo e decidiu punir a jornalista.

“Primeiro por desrespeitar os agentes penitenciários do Estado de São Paulo e de todo o país ao generalizar a atuação de alguns como se representassem o todo”, diz a carta.

“Em segundo lugar, ao generalizar o caso para desferir críticas aos agentes penitenciários, a jornalista Rachel Sheherazade deixou de lado tanto o respeito à categoria, como esqueceu o profissionalismo e um dever básico de todo jornalista: a checagem de informação”.

clickpb