Instagram está trabalhando para reduzir fotos com animais selvagens

20170503173330 660 420No ano passado, um filhote de golfinho morreu na Argentina após turistas tirarem o animal da água para tirar selfies. Agora, um incidente semelhante na China envolvendo pavões de um zoológico levou o Instagram a tomar uma atitude.

 

A rede social anunciou na última segunda-feira, 4, algumas medidas para evitar que os usuários compartilhem fotos com animais selvagens. A partir de agora, o Instagram apresentará uma mensagem de "aviso de conteúdo" sempre que alguém pesquisar uma hashtag "associada a comportamentos prejudiciais aos animais ou ao meio ambiente", enquanto lembra que o abuso e a venda de animais ameaçados de extinção ou suas partes não são permitidas no serviço.

 

A lista de hashtags foi desenvolvida em parceria com as organizações de proteção dos animais World Wildlife Fund, TRAFFIC e World Animal Protection. A lista de palavras não foi divulgada, mas sabe-se que koalaselfie, #slothselfie e #monkeyselfie já ativam o aviso de proteção.

 

Apesar da mensagem, os usuários ainda podem compartilhar e visualizar imagens marcadas com as tag “bloqueadas”.

 

20171205152243

 

Olhar Digital