Curta nossa pagina no Facebook. Basta clicar no botão CURTIR

Powered By | Blog Gadgets Via Blogger Widgets

Barra noticias

Barra galeria de fotos

Barra esportes

Barra entretenimentos

Barra cinema

Barra saude e bem estar

Maternidade oferece testes gratuitos para detectar doenças de visão em bebês, em JP

17807636280003622710000A maternidade Frei Damião, que fica no bairro de Cruz das Armas, Zona Oeste de João Pessoa, está oferecendo testes gratuitos para detectar problemas de visão que podem levar a cegueira em recém-nascidos.

 

Para identificar precocemente as doenças oftalmológicas e prevenir a cegueira ou outros problemas de visão, a maternidade faz o teste do olhinho, que formalmente é conhecido como teste do reflexo e que é fundamental para diagnosticar precocemente as doenças oftalmológicas nos bebês, além do teste do fundo do olho e a cirurgia a laser.

 

Segundo o médico oftalmologista da maternidade, Luiz Antônio Trigueiro de Nóbrega, o teste do olhinho é extremamente importante.

 

“O teste possibilita a detecção precoce das doenças oftalmológicas, sendo possível tratar o problema e com isso, resgatar a visão da criança, além de minimizar o dano causado pela patologia. Em caso contrário, dependendo da gravidade, se o caso não for avaliado e tratado precocemente, o problema pode levar à perda da visão”, afirmou o médico.

 

O teste do olhinho é feito com um equipamento chamado de oftalmoscópio, responsável por lançar um feixe de luz em direção ao olho do bebê, em uma distância superior a 30 centímetros. A consulta tem duração média de três minutos para cada paciente, não utiliza colírio e é indolor para o bebê.

 

Durante a avaliação o médico observa o reflexo das pupilas, que em uma criança com visão normal tem coloração avermelhada, é homogêneo e simétrico.

 

O oftalmologista alertou que o exame deve ser realizado em até 30 dias do nascimento pelo médico neonatologista ou oftalmologista, mas que o ideal é que seja feito ainda na sala do parto ou antes da alta hospitalar.

 

Após a avaliação, o médico verifica anormalidades na visão da criança e, se algo for detectado, o bebê também passa pelo teste de fundo de olho.

 

“É um exame mais detalhado, que faz um mapeamento da retina, por meio do aparelho oftalmoscópio indireto com uma lente especial, que requer uma dilatação da pupila do paciente. Por meio da avaliação é possível observar alterações, a exemplo, da retinopatia prematura, considerada a mais comum”, detalhou o médico.

 

A correção do problema é feita a laser, com um feixe de luz responsável por cauterizar a parte da retina, onde os vasos sanguíneos não cresceram como deveriam.

 

O atendimento para os bebês que vão passar pelo exame acontece nas quartas-feiras, às 7h30, no ambulatório do Egresso, que fica dentro da maternidade.

 


Portal Correio