Treze joga melhor, mas sofre gol aos 51 e fica no empate com o Santa Cruz

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on whatsapp

O Treze contrariava todos os prognósticos, principalmente os da imprensa pernambucana, e vencia o Santa Cruz por 2 a 1, com autoridade, em pleno estádio do Arruda, até os 51 minutos do segundo tempo. Mas o futebol prega peças e exige atenção até o último segundo.

Com gol no lance final, o time de Recife igualou o marcador do jogo que encerrou a primeira rodada do Grupo A da Série C 2019 na noite desta segunda-feira (29).

Com a autoridade de um time que apostou no retorno do técnico Flávio Araújo e outros seis titulares da campanha do acesso do ano passado, o Galo abriu 2 a 0 antes dos 20 minutos de jogo, com um golaço de Gil e outro de Eduardo.

Essa dupla de ataque, aliás, estava infernal. Em pelo menos outras três oportunidades, ainda na primeira etapa, o Alvinegro do bairro de São José teve chance de ampliar o marador.

O capitão Marcelinho Paraíba foi empurrado dentro da área, aos 32, mas o árbitro Felipe Duarte Varejão, do Espírito Santo, mandou o jogo seguir.

A reposta do Santa veio aos 36 minutos, quando Patrick Vieira chutou de esquerda, de fora da área, e a bola bateu na trave após defesa de Mauro Iguatu.

No segundo tempo o Treze quase marcou no início. Marcelinho PB passou por Anderson e chutou para o gol aberto, mas William Alves salvou com um carrinho.

Na sequência, o Santa Cruz teve um leve crescimento, atacando e tentando (sem conseguir) uma melhor organização ofensiva.

Somente aos 39, em uma bola alçada na área, o Tricolor do Arruda conseguiu diminuir com Neto Costa, de cabeça.

Retraído, o Galo não suportou a pressão.

Os pernambucanos partiram para o abafa, jogando bola na área do jeito que dava. No último suspiro, aos 51 minutos, a bola sobrou no pé de Guilherme Queiroz, que acertou um belo chute e empatou a peleja: 2 a 0.

Santa e Treze agora somam um ponto cada e dividem a quarta colocação da chave.

No próximo domingo (05), às 16h, o Galo recebe o ABC, no Amigão, pela segunda rodada. Já a Cobra Coral vai até Fortaleza, no mesmo dia, só que às 18h, para enfrentar o Ferroviário.

Voz da Torcida